Assembleia Diocesana da Pastoral da Juventude – Subsídio

Já foi lançado o subsídio para a ADPJ, e é importante que todos que irão à assembleia leiam ele, principalmente quem for como delegado!

Segue o Link do Subsídio: Subsídio

Teias da Comunicação Diocesana da Pastoral da Juventude

Anúncios

Assembleia Diocesana da Pastoral da Juventude

320986_10200262593477191_67640177_n

Galera mais um ano se inicia e bora começar a caminhar! Trago um convite MUITO importante… nos dias 22, 23 e 24 de Fevereiro teremos a ADPJ (Assembléia Diocesana da Pastoral da Juventude) em Nazaré Pta. (já era hora de voltarmos!)
mais precisamente no Mambré* nesse link https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dDZ1dDNfd01zUXgxNXEzckdtcklkQ0E6MQ#gid=0 tem mais informações e a inscrição.
Os grupos tem como objetivo até a ADPJ arrecadarem mantimentos.
E Claro não deixando a tradição de lado teremos uma FESTA… FESTA DO HAVAÍ e para esse momento levar roupas a caráter….
*IMPORTANTE*
As inscrições vão até dia 10 para delegados, ouvintes até dia 20.
*Caso não efetue a inscrição até dia 20 estará a sujeito a mudança de taxa*
>>Vamos nos comunicando aqui na pagina e por enquanto é só.
Axé

Coordenação Diocesana  e GT Teias da Comunicação Diocesana de Bragança Paulista

cartaz

 

Pela reafirmação de um Estado Laico e pela garantia do direito à diversidade e respeito à liberdade de consciência, culto e crença, a Rede Ecumênica da Juventude (REJU) – como uma das atividades da Campanha Nacional Contra a Intolerância Religiosa – lança uma mobilização simbólica: “Eu visto branco pelo fim da intolerância religiosa”. Quando? 21 de janeiro de 2013, Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Estaremos unid@s em diversos cantos do país, tod@s vestid@s de branco (camiseta, blusa ou calça…) com os desejos mais sinceros de um outro mundo possível e irmanado! Ao vestirmos branco, estamos nos envolvendo em um símbolo comum de paz, justiça e liberdade.

Entre nesta mobilização! Vista branco e se some à luta pela reafirmação do Estado Laico, contra qualquer forma de intolerância religiosa! Se desejar, também participe conosco: das atividades em Favor da Liberdade Religiosa, que estamos organizando, juntamente com outros movimentos: a) caminhadas no dia 21, no Rio de Janeiro (RJ) e em Salvador (BA); b) seminários em Belém (20) e em São Paulo (21).

Para saber informações dos casos de intolerância religiosa, acesse o Dossiê Intolerância Religiosa, organizado por KOINONIA – Presença Ecumênica e Serviço (http://intoleranciareligiosadossie.blogspot.com.br/).

Para aprofundar esta temática a partir de uma hermenêutica juvenil, acesse o site da REJU, há textos para diálogos em grupo, estudos bíblicos e vídeos (http://www.reju.org.br/).

Pela paz no mundo, pela paz entre as religiões, a REJU veste branco

 Fonte:  https://www.facebook.com/photo.php?fbid=444137478973585&set=a.380769581977042.84551.380762855311048&type=1&ref=nf

Pastoral da Juventude realizará Seminário sobre a Campanha Nacional contra a violência e o extermínio de jovens

_CampanhaFB

“Vamos juntos gritar, girar o mundo.

Chega de violência e extermínio de jovens!”

A ciranda pela defesa da vida da juventude teima em dar novos passos. A voz profética de jovens que denunciam a realidade de violência não pára de ecoar. É a Campanha Nacional contra a violência e o extermínio de jovens fortalecendo sua ação e avançando para águas mais profundas.

Realizada desde 2009 pelas Pastorais da Juventude, a Campanha levou à sociedade o debate sobre as diversas formas de violência contra a juventude, especialmente o extermínio, bem como ao longo dos anos, pressionou o poder público para o enfrentamento da mortalidade juvenil por meio da garantia dos direitos da juventude.

Importante também ressaltar o engajamento de diversas organizações (eclesiais e da sociedade civil), assim como de um grande número de grupos juvenis na construção da Campanha até agora. Nessa articulação uma grande parceria sempre foi a Conferência dos/as Religiosos/as do Brasil (CRB Nacional), envolvendo a vida religiosa na pauta sobre a vida da juventude.

Entretanto, a situação de extrema vulnerabilidade e violência ainda está presente na imensa maioria dos jovens brasileiros/as, com ênfase entre a juventude empobrecida. A firme atuação de todos ossegmentos da sociedade civil e do poder público para garantir o direito dos jovens à vida digna e ao seu pleno desenvolvimento deve ser cada vez mais fortalecida.

Deste modo, a ação de conscientização e mobilização da Campanha Nacional contra a violência o extermínio de jovens dá novo passo. Para darmos início a esta nova etapa da Campanha, a Pastoral da Juventude (PJ), em parceria com a CRB Nacional, com o apoio da Porticus América Latina e de outras organizações que ainda estão sendo contatadas, realizará, de 3 a 5 de maio de 2013, em Brasília/DF, o Seminário Nacional da Campanha contra a violência e o extermínio de jovens, tendo como objetivo desencadear novas ações articuladas com organizações envolvidas na defesa da vida da juventude.

É necessário denunciar o avanço da violência epropor saídas para esta realidade como a ampliação dos direitos humanos e valorização dos marcos da cidadania. O engajamento e fortalecimento dos grupos de jovenspara a Campanha Nacional, bem como a capacitação técnica das representações de jovens dos regionais da CNBB, também serão pontos prioritários do Seminário.

Para saber mais sobre o Seminário Nacional, entre em contato com o jovem Coordenador Nacional da Pastoral da Juventude (CNPJ) e/ou o jovem referência do projeto “A Juventude quer viver” do seu regional. Acompanhe também pelas redes sociais da PJ o lançamento, quinzenal, de novos temas norteadores da Campanha. Qualquer dúvida entre em contato conosco. O e-mail da secretaria nacional (secretarianacional@pj.org.br) também está disponível para mais informações.

(Baixe aqui os materiais de divulgação)

Vamos lá turma! Vamos girar o mundo e continuar afirmando nossa luta pela vida da juventude! A juventude quer viver!

Fonte: http://www.pj.org.br/noticias/1579

É Natal, Pejoteiros!!

estrela-do-natal 4

Para falar do Natal, não existem segredos, basta olhar para dentro de nós mesmos. No Natal, estamos propícios a amar mais, ter mais carinhos, ser mais solidários. É o que nos envolve, este Espírito Natalino. Mas vejamos o mundo num foco mais nítido – isso ocorre somente nesta época do ano. O nascimento de Jesus Cristo tem o poder de causar essa transformação em nós. Época em que surgem milhares de voluntários, pessoas fazendo seus donativos, pessoas se abraçando, trocando calor humano com seus entes queridos. Eu vejo muita gente se engrandecer diante desse espírito, mas eu somente tenho a perguntar: – Por que?

Porque essas coisas só ocorrem no mês de Dezembro? Será um mês sagrado? Será que é tão difícil sermos assim o ano inteiro? Todos os dias de nossas vidas, nós devemos amar uns aos outros, respeitar uns aos outros, sermos solidários. O mundo não funciona somente no Natal, as crianças não necessitam de carinho, apenas no Natal, os necessitados, não passam fome, não sentem frio apenas no Natal. Eu quero olhar o Mundo e poder ver isso todos os dias.

Se Deus me concedesse um desejo, desejaria que nascesse um Jesus Cristo todos os dias.

Fernanda Molina

A Diocese de Bragança Paulista Deseja Um Feliz Natal Repleto de Paz à Todos Vocês!!

Feliz Novembro Negro!

1. Eu vou tocar minha viola, eu sou um negro cantador.
O negro canta deita e rola, lá na senzala do Senhor.

Dança aí negro nagô (4X)

2. Tem que acabar com esta história de negro ser inferior.
O negro é gente e quer escola, quer dançar samba e ser doutor.

Dança aí negro nagô (4X)

3. O negro mora em palafita, não é culpa dele não senhor.
A culpa é da abolição que veio e não o libertou.

Dança aí negro nagô (4X)

4. Vou botar fogo no engenho aonde o negro apanhou.
O negro é gente como o outro, quer ter carinho e ter amor.